Chi-Chi-Chi-Le-Le-Le UM1: começa a série de posts sobre arte (e um pouco de política) no país para onde todos estão olhando – #Chile

"O sol nasce na montanha" (ou será que se põe?) Justino 2022 Fotografia, tamanhos variados
“O sol nasce na montanha (ou será que se põe?)” Justino 2022
Fotografia, tamanhos variados

Olhe só: tive a oportunidade de passar o mês de janeiro de 2022 no Chile. Primeiro, fui para a Patagonia (Aysén) fazer uma bela e muito dura trilha a pé (115 km), independente (ou seja, vc carrega todas as suas coisas na mochila; uns 20 kg). Após a trilha passei vários dias na capital Santiago, onde pude ver (e produzir) arte. Também vi a efervecência que toma conta de todos, esperançosos de que o novo governo eleito tire o país do labirinto em que se (lhe) meteram; efervecência essa expressada na arte das ruas, galerias e museus. Venha comigo nessa trip digital. Boa viagem!

Um comentário em “Chi-Chi-Chi-Le-Le-Le UM1: começa a série de posts sobre arte (e um pouco de política) no país para onde todos estão olhando – #Chile Deixe um comentário

Deixe uma resposta para Rosi Alves Cancelar resposta